5 motivos para adquirir um Servidor Linux

5 motivos para adquirir um Servidor Linux

janeiro 15, 2020 0 Por Consultoria Ciclum

Um servidor baseado em Linux possui algumas diferenças cruciais que, por sua vez, se tornam grandes vantagens diante de seus competidores mais famosos como o Windows e o MAC OS. E acredite, dentro dessas vantagens há mais do que apenas o custo para o licenciamento.

O fato é que usar servidores privados no ambiente corporativo já não é uma novidade, cada vez mais empresas estão aderindo a esta solução. E os motivos podem ser resumidos em:

  • Ter maior controle sobre as próprias informações geradas e pertinentes a empresa e como elas são configuradas.
  • Redução do tempo para efetuar alguma mudança necessária.

E para que se alcance um maior desempenho e ganhos de um servidor, algumas estratégias podem ser implementadas. Entre elas esta a utilização de um servidor Linux.

Os sistemas Linux são conhecidos por sua grande estabilidade, e com uma grande estabilidade você não só pode alcançar uma alta performance, como aumentar a sua flexibilidade e consequentemente a sua segurança de maneira geral. Mas bem, vamos aos motivos para se adquirir um servidor Linux.

Uma maior disponibilidade de recursos

Em um servidor Linux os processos são executados de uma forma diferente da dos seus concorrentes, E uma das implicações que isso tem é em não precisar reiniciar a máquina após uma atualização ou instalação de um programa.

Pense. Um servidor que não necessita ser reiniciado por motivos triviais é algo extremamente útil, pois atualizações de segurança jamais precisarão ser adiadas com medo de que talvez isso atrapalhe as atividades diárias dos funcionários.

E é notório o quão desgastante é ter que parar de trabalhar por alguns minutos ou até horas porque o servidor está sendo atualizado em horário comercial, pois não teve como fazer isso fora do expediente. (E esse tipo de coisa acontece.)

A otimização das horas de trabalho é uma vantagem valiosíssima.

Um sistema mais robusto

Um dos principais diferencias do Linux é que ele é um sistema de código de aberto. E isso significa que ele é constantemente escrutinado por um número muito maior de indivíduos. Toda a comunidade de usuários de Linux pode ajudar na tarefa de detectar bugs, falhas de segurança e quaisquer outros erros que venham a ocorrer. E não só detectá-los, mas corrigi-los, principalmente.

E isso basicamente significa que um servidor Linux é capaz de assumir uma carga horária de labuta muito mais intensa sem sofrer a ameaça de muitos travamentos ou quedas de performance, coisas comuns em outros sistemas operacionais.

Tão flexível quanto uma ginasta

Outro ponto positivo em relação ao código-fonte aberto do Linux é que isso faz dele um sistema muito mais flexível. Como? Já começa pela instalação. Antes de você instalá-lo em uma máquina é possível fazer um compilado de as informações, configurações e dados em acordância com o hardware no qual ele está sendo instalado.

Isso sem contar, é claro, toda a possibilidade de personalizações que ele permite, pois seus recursos não só podem ser alterados para abarcarem necessidades especificadas da empresa, como novas ferramentas podem também ser criadas com muito mais facilidade.

Segurança em primeiro lugar

Algo que talvez a maioria das pessoas saiba, ou já ouviu falar, é de que o Linux é mais seguro que o Windows. E isso é tanto no servidor, como no desktop. E isso acontece por uma série de motivos. Podemos começar citando as características acima como maior robustez, flexibilidade e etc., todavia não se resume a apenas isso.

O fato é que qualquer aplicação ou alteração que precise ser feita no sistema Linux irá necessitar de aprovação do usuário root, que é uma espécie de usuário especial do sistema. Isso, por sua vez, diminui grandemente a probabilidade de um vírus ou programa malicioso ser incorporado ao sistema. Eles só entrarão no sistema caso você permita com a sua senha e nome de usuário.

Acessível a todos

E bem, no fim das contas não podemos deixar mencionar que o principal atrativo de um sistema baseado em Linux é a sua acessibilidade. Ou seja, o quão fácil, simples e barato é de adquiri-lo. O custo de instalação é zero. Os únicos gastos serão para manter as aplicações e o sistema operacional, criando assim um grande custo benefício que não pode ser ignorado de forma alguma.

Quer mais?

Não há grandes críticas que podem ser feitas em relação a utilização de um servidor Linux. Talvez a maior delas que é possível de se pensar é o fato de que ele não tem a mesma interface do Windows, e portanto você terá que aprender algo novo. Mas tirando isso, há toda a questão da proteção, velocidade, praticidade e flexibilidade.

Um servidor Linux vai otimizar em muitas vezes toda a operação do banco de dados da sua empresa. Isso sem contar é claro, o fato de que você não precisa pagar um centavo para utilizá-lo. Se isso só já não é motivo o suficiente, eu não sei o que é.

Sugestão de leitura: Como escolher o melhor Servidor Linux?

Ainda possui alguma dúvida?  Entre em contato com nossa equipe. Nossos profissionais estão prontos para te atender.

Quer agendar uma consultoria 100% gratuita, sem compromisso, da sua rede. Você só precisa:

  • Estar localizado na região metropolitana de São Paulo
  • Preencher o formulário de agendamento

Equipe Ciclum