Como escolher o melhor Servidor Linux?

Como escolher o melhor Servidor Linux?

janeiro 15, 2020 0 Por Consultoria Ciclum

Antes de qualquer coisa saiba que existe uma boa quantidade de servidores Linux no mercado, cada um com suas especificidades e recomendações. Todos, no entanto, compartilham de algumas características em comum que os diferenciam das opções mais populares do mercado, como o Windows.

Um servidor Linux tem velocidade superior, é mais seguro e apresenta uma grande flexibilidade e nível de personalização. Se isso só já não é o suficiente para fazer você optar por um servidor Linux, que tal o fato de que você irá economizar bastante dinheiro?

É claro que nem tudo são flores. O sistema operacional Linux também possui alguns pontos negativos que talvez seja um grande problema para usuários habituais de Windows e macOS. E esses pontos são os seguintes:

  • Não é um ambiente muito fácil e intuitivo de ser utilizado por iniciantes (na maioria das vezes)
  • As aplicações com que você está acostumado não irão funcionar, e você precisará buscar aplicações alternativas.

Esses dois pontos são generalizações e é precisão enfatizar que desde que o Linux apareceu no mercado, lá nos anos 90, muita coisa mudou. Muitas atualizações e modificações foram feitas e muitas versões diferentes com propósitos distintos foram criadas.

Levando tudo isso em consideração, a primeira coisa que você precisa fazer é entender qual é a sua real necessidade em um servidor Linux.

O que você está procurando?

Entenda as suas necessidades antes de tudo. Pergunte-se se você procura algo mais básico ou algo com um nível maior de complexidade e personalização. Isso é importante para determinar o tipo de servidor Linux mais recomendado.

Por exemplo, existem servidores Linux que são indicados justamente para fazerem o básico do básico no que tange a função de um servidor para uma empresa, ou seja, cuidar principalmente do backup de arquivos e ser um bom banco de dados.

Alguns outros servidores Linux são muito mais focados em estabilidade e funcionalidades extras que talvez usuários iniciantes não vejam muita serventia, mas que são um prato cheio para administrados, desenvolvedores e a equipe de TI.

Também há aqueles específicos que foram construídos pensando exclusivamente em usuários avançados do Linux, ou seja, sem oferecer qualquer colher de chá para quem está iniciando, mas contando com uma gama de recursos.

Um diferencial que tem que ser visto é a comunidade que cada servidor trás consigo. Algumas que são maiores, outras que são menores e, isso pode influenciar nas atualizações e correções de bug e criação de recursos. Mas não é algo com que se preocupar, a comunidade do Linux em geral é muito grande e ativa.

Bem, agora que você já entendeu o pressuposto inicial, veja uma lista com 6 servidores disponíveis no mercado atualmente.

  • Ubuntu – Talvez o mais conhecido e um dos mais amigáveis ao usuário novato.
  • Fedora – Ideal para desenvolvedores Linux e administradores. Não indicado para iniciantes.
  • Debian – Ideal tanto para quem quer um servidor de arquivos básico, mas também não desaponta os usuários mais avançados.
  • Slackware – Indicado para usuários experientes de Linux. Acompanha gerenciadores de pacotes, pkgtools e slackpkg.
  • CentOS – É um servidor simples para iniciantes que apresenta muitas funcionalidades e boa estabilidade.
  • OpenSUSE – Grande versatilidade, se beneficia de ferramentas como YAST, um dos melhores para sistemas para ser usado como servidor. Recomendo para usuários experientes.

Uma palavrinha sobre o Ubuntu

O Ubuntu é o sistema operacional Linux mais conhecido, e não é para menos. Sua simplicidade conseguiu conquistar a confiança de muitos usuários novatos, servindo inclusive de porta de entrada para muitos que queriam conhecer o mundo dos sistemas operacionais de código aberto.

Dito isso, um servidor Ubunto pode ser a melhor escolha para quem está iniciando, para uma pequena empresa que não tenha uma grande estrutura ou uma grande equipe de TI por trás dando suporte.

E isso acontece pelo fato de sua interface ser amigável; mais intuitiva de ser configurada e os seus recursos de maneira geral são mais acessíveis. Em outras palavras, é um sistema de fácil utilização. Seu uso mais comum é como:

Portanto, se você está pensando em começar a usar um servidor Linux por todas as vantagens inerentes que ele trás, porém não possui experiência, comece utilizando o Ubuntu.

Qual é o melhor?

E a resposta dessa questão é muito relativa vem de encontra com a noção das suas necessidades. Existem muitas soluções de servidores Linux disponíveis no mercado, como já explicado e, cada um tem as suas vantagens e desvantagens que precisam ser analisadas muito bem antes que uma escolha seja feita.

No final das contas, tudo dependerá de quais são as suas necessidades para um servidor, se é a sua empresa é grande ou pequena e do quão afeiçoado você é com a utilização do Linux.

Quer se aprofundar mais um pouco leia nosso artigo 5 motivos para adquirir um Servidor Linux

Ainda possui alguma dúvida?  Entre em contato com nossa equipe. Nossos profissionais estão prontos para te atender.

Quer agendar uma consultoria 100 gratuita, sem compromisso, da sua rede. Você só precisa:

  • Estar localizado na região metropolitana de São Paulo
  • Preencher o formulário de agendamento

Equipe Ciclum